Ir para o conteúdo principal

No Interior da Escola

Este é um espaço para o compartilhamento de projetos exemplares, práticas desenvolvidas em escolas do interior do Estado de São Paulo e que merecem ser conhecidas e, quem sabe, reproduzidas.

mai 2

Written by: admmuralint
02/05/2016 07:00  RssIcon

Aparecido Lopes de Lima é professor de Filosofia, da EE Gustavo Peccinini.

Nome do projeto: “Conexões Filosóficas”

Justificativa:
A presença do celular na sala de aula faz emergir uma grande polêmica: pode usar ou não pode usar? Quais as consequências do sim ou do não? Se sim, em que momento? Como? Se não, não estaria a escola ignorando o contexto hodierno, cultural e sociológico dos seus alunos? Não estaria desprezando uma importante ferramenta pedagógica contextualizada ao mundo dos alunos, do mercado, da sociedade? Considerando as contradições e a problemática levantada, faz-se necessário esclarecer que qualquer processo educativo só é possível graças a dois agentes: o educador e o educando. Nenhuma estratégia pedagógica será eficaz se não envolver e mobilizar quem ensina e quem aprende. Meucci (2014) recorre ao renomado pensador Skinner para afirmar que “nenhuma máquina educativa funciona corretamente sem o planejamento e a supervisão de um especialista, e também sem o interesse de quem vai se submeter a ela”. Sendo assim, a presente iniciativa justifica-se pelo esforço para agregar, por meio da tecnologia que está na palma da mão dos nossos alunos, uma dinâmica diferenciada às aulas, sem desconsiderar os marcos legais afins e os desafios reais e concretos.

Objetivos:
Proporcionar aos estudantes situações de aprendizagem, em diversas áreas do saber, que os levem ao uso consciente e didático dos aparelhos de celular, fones de ouvido e seus acessórios, como ferramentas de aprendizagem e desenvolvimento de habilidades e competências, durante as aulas ou em atividades extraclasse. Ainda, possibilitar a reflexão ética sobre o comportamento humano diante das tecnologias móveis e avaliar suas consequências, tanto positivas como negativas, bem como suas possibilidades e limitações, para o desenvolvimento.

Período realizado:
Durante o ano letivo.

Alunos envolvidos:
Alunos do Ensino Médio.

Disciplina trabalhada:
Filosofia.

Resultados:
O projeto foi realizado em etapas. No primeiro momento, foi trabalhada a sensibilização, com o estudo das leis que fundamentam a proibição do uso do celular em sala de aula e a despeito desses marcos legais, motivando os alunos para o uso consciente do celular como ferramenta de aprendizagem na escola. Em seguida, foram propostas atividades aos alunos, de acordo com o currículo, possibilitando a pesquisa a partir dos recursos disponíveis no celular, sobre determinado tema estudado, selecionando e analisando as informações. Na sequência, foi proposta a produção de vídeos e fotos em que os alunos apresentassem os temas estudados, visando à ressignificação da presença do celular na sala de aula. Por fim, houve revisão dos conceitos estudados e avaliação sobre o desenvolvimento das atividades.

Tags:
Categories:

Busca No Interior da Escola:

Envie seu trabalho Conheça outros projetos