Ir para o conteúdo principal
porno mat i sin xxx odia in adult rape videos
agri escort elazig escort
escort alanya
ankara escort
bonus veren siteler
makale ozgunluk testi
huluhub.com
Luxury replica watches
www.copeland.club
old sex women boy to boy xxx nude

Especiais

mar 14

Written by: admespeciais
14/03/2016 16:50  RssIcon

Educadores, inventores, ex-alunos ilustres... Dar o nome de alguém a uma escola é sinal de homenagem e uma forma de eternizar a existência de quem foi importante para a história escolar. Mas muitos alunos não sabem quem foi o patrono do lugar onde estudam e nem de que maneira esse nome foi escolhido.

FICA A DICA

Se você quer saber quais são as escolas estaduais mais antigas de São Paulo e curiosidades históricas, acesse o site do CRE Mario Covas e mantenha a sua memória escolar em dia.

Aproveitamos o Dia da Escola, comemorado em 15 de Março, para contar como acontece a escolha do nome de uma instituição escolar. Assista ao vídeo produzido pelo Centro de Referência em Educação Mario Covas, CRE, em parceria com a Fundação Padre Anchieta, e refresque a sua memória.

SAIBA MAIS

As escolas mais antigas chamam a atenção pela beleza de suas arquiteturas. Construídas lá no início da República, os antigos grupos escolares ocupavam prédios monumentais – com pátios imensos, salas de aulas grandes, janelas altas e largas. Para garantir a preservação, proibindo legalmente a destruição e descaracterização desses prédios, as primeiras escolas estaduais paulistas, criadas durante o primeiro plano educacional do país (entre 1890 e 1930), foram tombadas pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado de São Paulo, oCondephaat. Ao todo, 126 escolas públicas do interior e capital estão protegidas por compartilharem significados culturais, históricos e arquitetônicos. Confira a lista completa das escolas aqui.

Tags:
Categories:
Location: Blogs Parent Separator Especiais

Busca em Especiais: