Ir para o conteúdo principal
porno mat i sin xxx odia in adult rape videos
agri escort elazig escort
ankara escort
bonus veren siteler
huluhub.com
Luxury replica watches
www.copeland.club
old sex women boy to boy xxx nude
beylikduzu escort alman porno

Especiais

set 4

Written by: admespeciais
04/09/2013 12:33  RssIcon

Nesta divertida animação, destacamos alguns pontos que levaram à Independência do Brasil.

 

Aprofunde os seus conhecimentos sobre o 7 de Setembro. Confira as nossas sugestões de livros e boa leitura!

1822: Como um homem sábio, uma princesa triste e um escocês louco por dinheiro ajudaram D. Pedro a criar o Brasil – um país que tinha tudo para dar errado

Resultado de três anos de pesquisas, o livro trata da saga luso-brasileira e da jornada pela Independência do Brasil. Cobre quatorze anos de história, entre 1821, data do retorno de João VI à corte portuguesa, e 1834, ano da morte do imperador Pedro I. Composto por 22 capítulos, com linguagem acessível e histórias saborosas, foi escrito pelo jornalista Laurentino Gomes, que recebeu em 2011 o Prêmio Jabuti pela obra.
 
O Brado do Ipiranga (Cecília Helena Salles de Oliveira e Claudia Valladão de Mattos)

Quem já visitou o Museu Paulista, mais conhecido como Museu do Ipiranga, com certeza viu a tela "Independência ou Morte!", de Pedro Américo. Ela está nos livros de História e no imaginário nacional. Os ensaios reunidos em "O Brado do Ipiranga" têm como tema as relações entre o artista, a tradição acadêmica e a política no final do Império e início da República.

 
Insultos Impressos – A Guerra dos Jornalistas na Independência (Isabel Lustosa)

Entre 1821 e 1823, os debates sobre os rumos da nação tomaram a imprensa brasileira. Sob a lei do pseudônimo, até mesmo o príncipe D. Pedro usou as páginas dos jornais para discutir ideais e interesses. A ofensa pessoal, o insulto e a difamação eram recorrentes nos discursos. Saiba como nobres, anônimos e poderosos usaram o jornal para conseguir a Independência.

 
HQ - Independência do Brasil (Mauricio de Sousa)

Como seria a Turma da Mônica em 1822? Os adoráveis personagens de Mauricio de Sousa estão reunidos nesta história em quadrinhos para informar e entreter. Acompanhe as aventuras da Imperatriz Leopoldina e de Dom Pedro I. Ou seriam eles, a Mônica e o Cebolinha?

» Leia os quadrinhos

Tags:
Categories:
Location: Blogs Parent Separator Especiais

Busca em Especiais: