Ir para o conteúdo principal

Notícias

ago 6

Written by: adm
06/08/2020 16:02  RssIcon

EFAPE tem nova Coordenadora

06 de Agosto de 2020

Raquel Teixeira é a nova Coordenadora da Escola de Formação e Aperfeiçoamento dos Profissionais da Educação do Estado de São Paulo (EFAPE). Ela é graduada em Letras pela Universidade de Brasília (UnB) e mestre em Linguística pela UnB e pela Universidade da Califórnia, em Berkeley, nos Estados Unidos. PhD em Linguística, Raquel possui pós-doutorado em Língua e Cultura pela Escola de Altos Estudos de Paris. Ela foi conselheira do Conselho Nacional de Educação e pesquisadora do CNPq e da CAPES. É membro da Academia Feminina de Letras e Artes de Goiás e da Academia Espírita de Letras.

Entre 2015 e 2018, ocupou o cargo de Secretária Estadual da Educação em Goiás, período em que o estado se destacou por conquistar o primeiro lugar no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) no Ensino Fundamental II e no Ensino Médio. Raquel Teixeira está à frente do “Reinventando”, quadro transmitido às quintas-feiras, das 13h às 14h, no canal Formação de Professores, do Centro de Mídias de SP, onde conversa com especialistas renomados, educadores da Rede e alunos sobre temas relacionados aos desafios da aprendizagem, divulgação de boas práticas, formação docente, políticas educacionais e curriculares, equidade, entre outros assuntos.

Raquel Teixeira conversou com o site da EFAPE.

O que você reinventaria na educação pública do Estado de São Paulo?

Não só na rede pública de São Paulo, mas de todo o Brasil, eu reinventaria cursos de formação inicial de professores com mais vinculação entre teoria e prática, reinventaria cursos de formação continuada com relação mais direta com a sala de aula, ouviria mais os professores, reinventaria a forma como os professores lidam com as avaliações e os erros, a relação com a tecnologia; daria mais apoio às competências socioemocionais de professores e alunos; e manteria, como são hoje, o entusiasmo e o compromisso que sinto em praticamente todos os profissionais que conheci aqui em São Paulo.

Qual é a sua expectativa à frente da escola responsável pela formação de mais de 230 mil profissionais da Educação?

Construir uma cultura de desenvolvimento profissional junto com a Rede, por meio da qual os profissionais da Educação protagonizassem seu próprio crescimento intelectual e profissional, assim como os alunos desenvolvem o seu projeto de vida e trilham caminhos que os levam a realizar seus sonhos. Gostaria de pensar numa EFAPE estimulando cada educador, gestor, servidor a construir  o seu projeto de desenvolvimento profissional e, oferecendo por meio da EFAPE, percursos para a realização desses itinerários de consolidação de carreira.

O que a pandemia tem nos ensinado?

Que profissionais da educação são essenciais, que tecnologia é meio, e que a união de esforços entre os colegas de uma mesma escola e entre cada professor e as famílias de seus alunos é condição para enfrentarmos os desafios com mais chances de termos sucesso.

Se pudesse apontar uma habilidade essencial para um profissional da Educação, qual seria?

Flexibilidade intelectual, mas traria junto uma outra: equilíbrio emocional. Flexibilidade intelectual e equilíbrio emocional são essenciais para os profissionais da Educação, hoje.

Qual é a mensagem que gostaria de deixar aos Profissionais da Educação?

Uma mensagem de respeito e de gratidão. Respeito por todo empenho, dedicação, competência técnica e amor, que os bons profissionais da Educação dedicam a seus alunos e à sua carreira em geral. E gratidão, porque é isso que faz as pessoas serem melhores e ajudarem o país a avançar de forma inclusiva, equânime e justa.

 

 

Tags:
Categories:

Busca de Notícias

ankara escort bayan
papaz buyusu
beylikduzu escort mature porno
old sex women boy to boy xxx nude
ankara escort
bonusal
porno mat i sin xxx odia in adult rape videos
huluhub.com
Luxury replica watches