Ir para o conteúdo principal

Notícias

dez 11

Written by: adm
11/12/2019 14:02  RssIcon

Movimento Inova também sediou a 6ª FeCEESP e a Mostra Interativa de Robótica e Computação.

11 de Dezembro de 2019

A Escola de Formação abriu suas portas, nos dias 05 e 06/12, para receber alunos, professores e especialistas para participarem do Movimento Inova, que além de oficinas e palestras, também sediou a 6ª Feira de Ciências das Escolas Estaduais de São Paulo – FeCEESP e a Mostra Interativa de Robótica e Computação.

Filipe Cavalcanti é aluno da EE Pedro Malozze, da DE Mogi das Cruzes. Por conta de uma atrofia muscular que limita seus movimentos, sugeriu a criação de um braço hidráulico para auxiliá-lo. Ele e seu amigo, Leonardo Souza, criaram um protótipo que os levaram à final da Feira, e ao 3º lugar na categoria Ciências da Natureza – Júnior. Para a professora Regina Cláudia Pinto de Souza, o ponto principal do projeto está na inclusão social: “Com esse trabalho, o Filipe ficou muito mais desenvolto, fazia pesquisas e a troca do conhecimento em sala de aula. Ele conquistou muitos amigos, e a valorização dos colegas é fantástica. Foi onde eu me senti realizada como professora”.

Entre tantos projetos interessantes, Lucas Basso e Gustavo M. Stefanello se destacaram e levaram o Prêmio Revelação, na categoria Ciências Humanas. Alunos da EE Coronel José Levy, da DE Limeira, desenvolveram a cartografia afetiva de Cordeirópolis, na busca da ressignificação dos lugares. “Nosso mapa considera o sentimento da pessoa pelo espaço. Conversamos com cinco idosos, com mais de 60 anos, e com no mínimo 40 anos, residindo em Cordeirópolis, para pegar boa parte da história – já que a cidade é muito recente, tem uns 70 anos. Eles nos apresentaram os lugares e suas vivências, e nós montamos o mapa junto com eles”, explicam. O projeto, além de proporcionar conhecimento sobre a cidade, que é pequena e sem muitos registros e pesquisas, trouxe novas possibilidades para o Projeto de Vida de Gustavo: “Sempre sonhei em trabalhar com a área de computação, e esse projeto me trouxe uma visão diferente sobre a área de humanas. É muito boa, e eu gostei bastante”.

A premiação seguiu duas categorias: Ciências da Natureza e Ciências Humanas, divididas em subcategorias Master (alunos do 9º ano, 1ª série e 2ª série) e Júnior (alunos do 6º, 7º e 8º anos do Ensino Fundamental), e o Prêmio Revelação, oferecido ao projeto que nunca participou de eventos de Ciências e que se destacou na Feira.

 

 

Robótica e Computação Criativa

Trinta equipes foram selecionadas, dentre 158 projetos inscritos, para expor suas iniciativas criadas em sala de aula, que promovem o uso sistemático da tecnologia e que geram impactos positivos na aprendizagem dos estudantes.

Os alunos da EE Doutor Antonio Pinto de Almeida Ferraz, da DE Piracicaba, Kauã Benjamin e Richard Duarte Ramos, desenvolveram uma rega automática para a horta da escola, por meio da utilização do arduíno (placa de prototipagem eletrônica de código aberto). E ainda, reutilizando água que seria desperdiçada do ar-condicionado. Para o professor de História Élcio Maichacki, a melhor lição vem da vivência. “O contato direto com essa realidade é de extrema importância para o desenvolvendo intelectual, emocional e espiritual do aluno. Você toca naquilo que você aprende, no que está conhecendo. Fora o contato com a terra, a água, as plantas. Faz com que os alunos cresçam como seres humanos, pensando no respeito ao meio ambiente e ao próximo.” E para Kauã, a experiência computacional foi bastante interessante: “Eu nunca tinha mexido com programação antes, e eu achei muito legal. Fiquei estudando, e pensando: ‘nossa, que da hora’. E isso me ajudou muito também, porque eu quero programar sites, jogos”, conta.

Já os estudantes da EE Deputado Manoel de Nóbrega, da DE Leste 2, apostaram na conscientização e responsabilidade social. Davi Le Senechal Bueno conta: “Fizemos um carro movido a energia solar, por conta dos problemas do futuro”. Um projeto que envolveu a participação de 35 alunos, dos 6º e 7º anos do Ensino Fundamental, e que focou não apenas nas questões sobre aquecimento global relacionadas aos combustíveis fósseis, mas também no Projeto de Vida que envolvia Marketing, Administração, Engenharia Mecânica e Engenharia Elétrica. A iniciativa garantiu aos alunos o 3º lugar na premiação de Robótica.

Confira aqui a lista de todos os alunos e projetos vencedores.

Tags:
Categories:

Busca de Notícias

ankara escort bayan
papaz buyusu
beylikduzu escort mature porno
old sex women boy to boy xxx nude
ankara escort
bonusal
porno mat i sin xxx odia in adult rape videos
huluhub.com
Luxury replica watches