Ir para o conteúdo principal

Notícias

mai 6

Written by: adm
06/05/2019 14:58  RssIcon

Secretaria da Educação lança programa inovador com o foco no aluno e apoio à formação do professor

06 de Maio de 2019

Garantir o desenvolvimento pleno a todos os estudantes da Rede, considerando os aspectos intelectual, socioemocional, físico e cultural dos alunos, é um dos propósitos do Inova Educação.

O Programa, lançado nesta segunda-feira (6) pelo Secretário da Educação do Estado de São Paulo, Rossieli Soares, é voltado aos estudantes do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental (Anos Finais) e Ensino Médio e inclui um conjunto de mudanças estruturantes no modelo pedagógico nas unidades de ensino. O objetivo principal é tornar a escola mais conectada com os sonhos e as necessidades dos adolescentes e jovens, e assim os formar para as competências do século 21.

Escuta
A implementação do projeto vai acontecer em 2020, mas as premissas básicas já estão sendo construídas desde 2012 a partir de encontros com grupos focais, envolvendo dirigentes de ensino, diretores de escola, professores e alunos, entre outros, além de questionários, como o “Dia D”, realizado em 30 de abril, mobilizando toda a comunidade escolar.
Todos os estudantes do Ensino Fundamental (Anos Finais) e do Ensino Médio terão componentes de Projeto de Vida, Tecnologia e Eletivas. O novo programa coloca os estudantes no centro do processo de aprendizagem, promovendo seu engajamento e protagonismo.

As mudanças propostas serão possíveis a partir de ajustes na jornada diária do estudante; e as inovações do Programa têm como referência marcos legais importantes, como a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), as Diretrizes Nacionais do Novo Ensino Médio e o Currículo Paulista (etapa do Ensino Fundamental em aprovação no Conselho Estadual de Educação e do Ensino Médio, que está em construção).

Formação
Os professores interessados em lecionar as disciplinas do Programa participarão de um processo seletivo, conduzido pelo diretor, que levará em consideração tanto o perfil do profissional quanto o fato de ter cursado as formações que estarão disponíveis para todos.
A formação terá carga horária de 60 horas, organizada em dois módulos, um de conteúdo básico e um de conteúdo aprofundado, para entendimento mais detalhado das estratégias de implementação.

"O papel da EFAPE é o de apoiar a formação de todos os profissionais, sejam dos órgãos centrais e diretorias de ensino, para que se apropriem dos conteúdos", afirma Cristina Mabelini, Coordenadora da Escola. "A EFAPE fará o suporte necessário para que todos conduzam os trabalhos da melhor forma nas escolas e também para que os integrantes das DE possam apoiar os profissionais da Educação e acompanhá-los no dia a dia escolar", complementa."

Nesta segunda e terça-feira, 728 profissionais das diretorias de ensino vão receber as primeiras formações na EFAPE, com o objetivo de dar clareza sobre o novo modelo, fortalecer o entendimento sobre o universo do adolescente e do jovem e preparar os professores para lecionarem os três novos componentes. Junto com a formação serão fornecidos materiais de suporte. Além dessas horas obrigatórias de formação para lecionar os novos componentes, módulos complementares de 30 horas estarão disponíveis.

Tags:
Categories:
Location: Blogs Parent Separator Noticias Efape

Busca de Notícias